O Sindicato dos Engenheiros de Sergipe (SENGE-SE) conquistou na Justiça do Trabalho mais uma vitória pela implantação do Salário Mínimo Profissional dos engenheiros. A ação (MS 0001308-32.2016.5.20.0001) foi movida contra a SERGIPE GAS (SERGÁS), depois que a empresa publicou um edital de Concurso Público para provimento do cargo de engenheiro, com salário abaixo do legalmente previsto.

O edital de Concurso Público nº 01/2016, da SERGÁS estabeleceu R$6.910,31 como salário inicial para engenheiro, diante de uma jornada de 40 horas semanais, contrariando os arts. 5º e 6º da Lei nº Lei Federal 4.950-A/66.

Na primeira instância, o mandado de segurança foi julgado improcedente, mas o SENGE-SE apresentou recurso, por meio de sua assessoria jurídica e conseguiu a reforma da decisão junto ao Tribunal de Trabalho da 20ª Região.

O TRT 20ª estabeleceu que é possível fixar salário profissional em múltiplos do salário mínimo, respeitada a prescrição da Lei 4.950-A/66 e observando o mínimo legal vigente à época do edital do concurso, de acordo com a OJ 71 da SBDI-2 do TST, afastando, porém, a indexação e correção automática ou reajuste com base no salário mínimo.

O tribunal lembrou ainda que a matéria já foi objeto de discussão, ao julgar o recurso do Mandado de Segurança Coletivo impetrado pelo SENGE contra a DESO (Processo 0000643-06.2013.5.20.0006), em que a DESO foi também condenada a adequar o Edital do Concurso n. 01/2013 à prescrição da Lei n. 4950-A/66, fixando o piso salarial do engenheiro de acordo com a lei.

Fonte: Senge-SE

Foto: Divulgação 

Senge-SE garante Salário Mínimo Profissional para engenheiros da SERGÁS

Publicado em Notícias

Senge-SE promove curso prático de ORSE para licitação

ORSE PARA LICITAÇÃO
Data: 18 a 22/01/2019 das 19h às 21h
(TURMAS COM 10 ALUNOS E CARGA HORÁRIA DE: 10h)

OBJETIVO DO CURSO:
Capacitar na operacionalização do Software ORSE, na confecção de planilhas orçamentárias e seus subprodutos com ênfase no desenvolvimento de planilhas para licitações públicas.
PROGRAMA DO CURSO:
• Orçamento – Conceitos e utilizações
• Cadastro de empreendedor
• Cadastro de fonte
• Cadastro de índice
• Cadastro de usuários
• Insumos – conceitos, cadastro, visualização e alteração 
• Preços de insumos
• Serviços – conceitos
• Composições de custos unitários
• Serviços – cadastro, visualização e alteração
• Planilha Orçamentária – conceitos, estrutura e navegação
• Elaboração de orçamentos
• Cálculo de planilhas de custo e de venda
• BDI – conceitos e aplicações
• Encargos sociais – conceitos e aplicações
• Relatórios – impressões
• Cálculo de composições
• Atualização da base de dados
• Exportação da base de dados
• Elaboração de Orçamento para Órgão Publica
• Elaboração de Orçamento para participação de Licitação
• Noção da Lei 8.666/93 para proposta de preço
PUBLICO ALVO: Engenheiros, Arquitetos, Técnicos, Estudantes e Profissionais da Área da Construção Civil.
INSTRUTOR DO CURSO: BRAULIO DOS SANTOS LEITE, Engenheiro Civil, pós-graduado pela Faculdade Pio Décimo em Engenharia de Segurança do Trabalho. Experiência em execução de obras públicas em todo o estado de Sergipe. Experiência em orçamentos, execução, gerenciamento e manutenção predial de obras municipais. Experiência em orçamentos de obras públicas de saneamento básico e construção civil. Trabalhou em diversas Prefeituras de Sergipe como orçamentista de obras públicas e Engenheiro Civil. Foi professor Faculdade Pio Décimo das disciplinas da área de Planejamento e Materiais de Construção no curso de engenharia civil. Trabalha hoje como Coordenador de Obra na Prefeitura Municipal de Nossa Senhora do Socorro e no Controle interno da Licitação na Prefeitura Municipal de Lagarto.
EQUIPAMENTO UTILIZADO NO CURSO: 
? Notebook;
? Mesa digitalizadora;
? Projetor.
Obs.: O(a) aluno(a) deverá trazer para o curso Notebook já com o programa ORSE instalado (essa instalação pode ser feita diretamente na CEHOP ou com profissional que será indicado pelo Senge).
Obs2: A Instalação do Orse é de inteira responsabilidade do Aluno. 
Local de Realização do Curso: Sede do SENGE-SE (Rua Siriri, 1145, Centro)
Vagas Limitadas: 10 alunos.
VALOR DA INSCRIÇÃO: 
Profissional não filiado ao SENGE R$ 300,00
Estudante e Técnicos não filiados: R$ 250,00
Profissional filiado ao SENGE em dia com a Contribuição Social de 2019: R$ 200,00
Estudante filiado ao SENGE em dia com a Contribuição Social de 2019: R$ 150,00
LOCAL DE INSCRIÇÃO: A inscrição no curso será feita da seguinte forma: 
O interessado preencha a ficha de inscrição e envie para o Sindicato, juntamente com o comprovante de pagamento da taxa de inscrição para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..
O pagamento será via transferência bancaria em nome do SENGE-SE, CNPJ: 13360961/0001-59, em uma das contas:
Caixa Econômica Federal            
C/C 1237-4                          
Ag. 059   
Op. 003       
                         
Banese       
C/C 100788-4  
Ag. 0043
Op. 003    
Maiores informações: Fone: (79) 3259-3013 ou Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.       

 

Fonte: Senge-SE

Publicado em Notícias

Conselheiros eleitos pelo Senge-SE tomam posse no Crea-SE

Tomaram posse nesta segunda-feira (28/01) os conselheiros eleitos pelo Senge-SE para composição da nova Plenária do Crea-SE. Além da posse dos novos conselheiros, também foi formada a nova diretoria do regional e eleitos os representantes do plenário junto às Câmaras Especializadas e Coordenadorias nacionais; dos membros e dos coordenadores das Comissões Permanentes e Especiais.   

A plenária do Crea-SE foi renovada com a chegada de 27 novos conselheiros, sendo 14 titulares e 13 suplentes para o mandato de três anos (2019/2021). Indicados como representantes de instituições de ensino superior e de entidades de classe como o Senge-SE, que indicou 14 novos profissionais. Os conselheiros têm como atribuição específica apreciar os assuntos inerentes à fiscalização e ao aprimoramento do exercício profissional, objetivando a defesa da sociedade.  O exercício da função de Conselheiro é honorífico.

Entre outras funções, compete aos conselheiros: acompanhar a execução do orçamento; integrar e participar das atividades do Plenário e da Câmara Especializada correspondente à sua modalidade profissional; e analisar e relatar processos, apresentando relatório e voto fundamentado.

A Sessão também foi marcada pela posse dos membros da diretoria executiva e eleição e posse dos representantes do Plenário junto às Câmaras e Coordenadorias nacionais Especializadas. Na sessão foi definida ainda a composição das Comissões Permanente e eleição do Coordenador (Comissão de Ética Profissional – CEP); Comissão de Orçamento e Tomada de Contas (COTC); Comissão de Renovação do Terço (CRT); Comissão de Educação e Atribuição Profissional (CEAP); Comissão de Engenharia e Segurança do Trabalho (CEST) e Comissão do Meio Ambiente (CMA).

Imagens e fonte: http://www.crea-se.org.br

 
Publicado em Notícias

SENGE-SE divulga síntese do mandato 2016-2018

Confira:

Hoje, 31 de dezembro, se encerra nosso mandato de três anos. A nova Diretoria e Conselho Fiscal do Sindicato dos Engenheiros de Sergipe assumirão a partir de 1º de janeiro, para a gestão 2019-2021.

Neste período que se finda, buscamos cumprir com os objetivos do nosso Sindicato, mesmo enfrentando uma conjuntura bastante adversa, com redução de receitas devido a perda do percentual de repasse de ART`s pelo CREA, e da Contribuição Sindical, que deixou de ser obrigatória em virtude da reforma trabalhista. Para se ter uma ideia, arrecadamos em 2018 cerca de 20% do que foi arrecadado em 2015, enquanto paralelamente reduzimos as despesas em 50%. Naturalmente novas estratégias serão necessárias para superar este descompasso financeiro.

Mas isto não impediu que neste período obtivéssemos vitórias para a categoria, como a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos profissionais da engenharia e arquitetura do Governo do Estado de Sergipe, e a implantação do salário mínimo profissional para os engenheiros e engenheiras da Companhia de Saneamento de Sergipe - DESO, admitidos em 2013, entre outras conquistas.

Agradecemos a todos que participaram e se empenharam para o cumprimento deste mandato. Abaixo segue uma breve síntese de eventos e ações da gestão da Diretoria 2016-2018 do SENGE-SE.

Bom trabalho para os que agora assumem a nova gestão. A luta continua!

Eng. Mecânico Carlos Antonio de Magalhães - Magal
Presidente do SENGE-SE / Gestão 2016-2018

*********

SÍNTESE DE EVENTOS E AÇÕES DO SINDICATO DE ENGENHEIROS DE SERGIPE

GESTÃO 2016-2018

2016

- reunião de Instalação das Comissões Especiais de Progressão por Titulação, com o secretário João Augusto Gama, que teve por objetivo atender as leis que instituíram os Planos de Cargos, Comissões e Vencimentos - PCCV dos funcionários do Governo do Estado. O engenheiro Marcos Pedro Ferreira, diretor de negociações coletivas do Sindicato, foi indicado pelo presidente Magal para fazer parte da Comissão do PCCV-EnAr. Lei 7.822/2014 (Lei do PCCV).

- reunião no Palácio dos Despachos, com o governador Jackson Barreto, que anunciou a conquista da classe trabalhadora, o PCCV-EnAr que foi implantado nos contracheques a partir de maio.

- audiência trabalhista referente ao processo nº 0000643-06.2013.5.20.0006, entre o Sindicato dos Engenheiros de Sergipe – SENGE/SE, e a Companhia de Abastecimento de Água de Sergipe – DESO. A conquista trata-se da efetivação do piso salarial dos engenheiros daquela empresa admitidos em 2013, cujo edital do concurso erroneamente não cumpria a Lei Federal nº 4.950-A/66, que define o salário mínimo profissional da categoria.

- “Curso EPANET e LENSHNET: Análise Operacional e Dimensionamento Econômico de Redes e Elevatórias”, que contou com a participação de 23 pessoas.

2017

- reunião extraordinária da Diretoria do Sindicato com os profissionais de engenharia da DESO, o presidente do SINDISAN, Sérgio Passos e o diretor de meio ambiente e engenharia da Companhia, José Gabriel Almeida. Na reunião, foram salientados dois grandes desafios para a defesa da Companhia enquanto patrimônio do povo sergipano: o primeiro é desconstruir um discurso em que a DESO é uma empresa que dá prejuízos para o governo; e o segundo é dizer das consequências dessa privatização a curto  prazo. 

- reunião com o prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, para discutir a implementação do salário mínimo profissional para os engenheiros, arquitetos e agrônomos que estão trabalhando na gestão municipal.

- primeiro grande ato contra as reformas da previdência e trabalhista, propostas pelo governo Temer. A Frente Brasil Popular estima que mais de 10 mil pessoas estiveram no ato.

- efetivação do Salário Mínimo Profissional –SMP, para os profissionais de engenharia da DESO, em função de ação em execução, a partir do contracheque de março.

- ação ajuizada pelo SENGE-SE contra o Concurso de CREA-SE, para corrigir duas graves irregularidades:

contratação para cargos não aprovados pelo próprio Plenário do Conselho, CREA-SE;
contratação para regime jurídico diverso do que a lei determina.
- protocolado ofício junto ao CREA-SE, e posteriormente ao CONFEA, pedindo explicações sobre uma série de possíveis irregularidades encontradas pelos nossos diretores na gestão do Conselho.

- palestra “Noções Básicas de Negociações Salariais”, proferida pelo engenheiro ambiental e conselheiro municipal de Saneamento de Belo Horizonte/MG, Ricardo Soares.

- curso de formação sindical realizado pelo Senge/SE no Hotel Real Classic (01, 02, 03/12), em Aracaju , ministrado por Helder Molina, professor da UERJ, historiador mestre em educação, doutor em Políticas Públicas. Contou com a participação de militantes de outros sindicatos, a exemplo do Sintrase, Sintese, Unacon-SE, Sinter-SE, Sintufs e de associações comunitárias.

2018

- audiência pública na Câmara de Vereadores, “Assistência Técnica Pública Gratuita em Engenharia e Arquitetura no âmbito do Município de Aracaju”, tendo como foco o conteúdo das leis Municipal 3.169/2004 e Federal 11.888/2008, que asseguram às famílias de baixa renda a assistência técnica pública e gratuita para o projeto e a construção de habitação de interesse social.

- protocolada  solicitação de participação na mesa de negociações coletivas entre trabalhadores e a Companhia de Saneamento de Sergipe – DESO.

- homologado acordo extrajudicial pelo juízo com a DESO, visando repor as perdas salariais do período entre a contratação e a implantação do SMP.

- implantado novo sistema de informática (site, relatórios, etc.), obtendo melhoria significativa na qualidade e uma economia de recursos da ordem de R$ 20.000,00 ao ano.

- criado o "Coletivo de Engenheiros e Engenheiras Negros André Rebouças" no SENGE-SE.

- transitado em julgado e em fase de execução ações do Sindicato sobre o SMP em favor dos profissionais de engenharia da Norcon e Habitacional.

DIVERSOS

- participamos da negociação coletiva nacional CONAB, com o nosso diretor Marcos Pedro.

- participamos de diversos outros atos e reuniões, contra a terceirização, reforma trabalhista e da previdência, contra o desmonte do Estado. Em nível local, sobre o atraso nos salários dos servidores do Estado, formamos uma frente sindical.

- ampliamos a participação dos profissionais da DESO no desconto em folha da Contribuição Social, de 22 para 39 empregados.

- em função da perda de receita a cada ano, primeiramente com a extinção do percentual das ART`s do CREA, posteriormente com a perda da Contribuição Sindical, que passou a ser optativa, tivemos de fazer um grande ajuste nas nossas despesas. Para se ter uma ideia, arrecadamos em 2018 cerca de 20% do que foi arrecadado em 2015, enquanto paralelamente reduzimos as despesas em 50%.

Ressaltamos que as ações em que obtivemos êxito junto ao Governo do Estado,à DESO, Norcon e Habitacional, foram iniciadas na gestão do companheiro Rosivaldo Ribeiro.

 

Fonte: SENGE-SE

Publicado em Notícias

Senge-SE convoca engenheiros para Assembleia Geral Extraordinária

SINDICATO DOS ENGENHEIROS DE SERGIPE – SENGE-SE, convoca todos os Engenheiros, Agrônomos, Arquitetos, Geólogos, Geógrafos, Tecnólogos e Afins, lotados na base territorial do Estado de Sergipe, para participar da AGE – Assembléia Geral Extraordinária, que será realizada no dia 14/12/2018 (sexta-feira), às 18h, em primeira convocação e às 18h30, em segunda e última convocação, com qualquer número de presentes, na sede do Sindicato, na Rua Siriri, 1145, Centro, Aracaju-SE, para discutir e deliberar a seguinte pauta:

1 – Eleição de Representantes do SENGE-SE no CREA-SE:

1.1 – 06 (seis) Engenheiros Civis Titular / Suplente com mandato até 31/12/2021;
1.2 – 01 (um) Engenheiro Mecânico Titular / Suplente com mandato até 31/12/2021;

2 – Delegar para a Diretoria as decisões complementares ao item anterior.
 
Observações:
Os associados com direito a votar e serem votados devem: 

1 - Estar adimplente com a Contribuição Social até 30/11/2018;
2 - Estar adimplente com a Contribuição Sindical até 30/11/2018;

Documentos complementares que devem ser apresentados ao CREA-SE para os eleitos:

1 – Certidões negativas dos cartórios de distribuição das varas cível e criminal da justiça estadual e federal, expedidas na comarca do domicílio eleitoral do requerente, com prazo não superior a noventa dias da data da emissão;
2 – comprovante de licença de mandato, cargo, emprego ou atividade remunerada no Confea, Crea ou Mútua; e
3 – cópia da declaração de bens, com indicação das fontes de renda, ou autorização de acesso aos dados das Declarações de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física e das respectivas retificações.
Parágrafo único: Antecedendo a posse, o Crea verificará a regularidade e a adimplência do profissional.
 
Carlos Antonio de Magalhães - Magal
Engenheiro Mecânico e de Petróleo
Presidente do Sindicato dos Engenheiros de Sergipe - SENGE/SE
 
Fonte: Senge-SE
Publicado em Notícias
Segunda, 03 Dezembro 2018 16:17

Engenheiros de Sergipe elegem nova diretoria

Na noite de 29/11, o Sindicato dos Engenheiros de Sergipe (Senge-SE) elegeu a nova diretoria com a chapa “Democracia e Resistência”. O engenheiro eletricista, Sérgio Maurício Mendonça Cardoso, foi eleito presidente da gestão 2019/2021. A vice-presidência será assumida pela engenheira civil, Isabella Veiga. De acordo com o presidente eleito, o cenário político do país exigirá muito trabalho na defesa da categoria. “A reforma trabalhista, a tentativa institucional de enfraquecer a luta sindical, o viés autoritário que se vislumbra no horizonte do futuro governo são fatores que forçosamente demandarão atitudes firmes e atuação cada vez mais intensa dos sindicatos”, afirmou, destacando que a gestão terá como principais eixos a negociação coletiva, a valorização profissional e um sistema de gestão moderno.
Ao todo, a nova diretoria contará com 10 mulheres, entre elas a engenheira civil e diretora da Fisenge, Elaine Santana. “Realizamos um processo democrático de renovação no nosso sindicato. Começamos um novo ciclo dentro do Senge-SE. Nossa diretoria eleita tem número recorde de mulheres, motivo de orgulho para todos nós. Faremos um mandato voltado às negociações salariais, engajado na luta por melhores condições de trabalho e bem mais próximo dos profissionais”, afirmou Elaine.

Engenheiros de Sergipe elegem nova diretoria

Publicado em Notícias

Senge-SE divulga edital de convocação de eleições do sindicato

O Presidente do SINDICATO DOS ENGENHEIROS DE SERGIPE - SENGE/SE, no uso de suas atribuições e conforme Art. 52 do Estatuto deste Sindicato, convoca todos os associados em gozo dos seus direitos para a “Eleição da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal”, para o triênio 2019/2020/2021, conforme calendário abaixo:

14/11/2018 – Encerramento do Prazo para inscrição de Chapas, na secretaria do Sindicato das 9h às 19h, na Rua Siriri, 1145, Centro, Aracaju-SE;

15/11/2018 – Prazo para Divulgação das Chapas;

19/11/2018 – Encerramento do prazo para impugnação de candidatura;

20/11/2018 - Prazo para divulgação das candidaturas Impugnadas;

25/11/2018 - Encerramento do prazo para apresentar as contra-razões;

26/11/2018 – Encaminhamento do processo à Assembleia para decidir;

28/11/2018 – Assembléia Geral para deliberação do processo encaminhado pela Comissão;

29/11/2018 – Das 7h às 19h – Assembleia Geral de Eleição. Das 7h às 10h na sede da Deso e das 10h30 às 19h na sede do Sindicato, na Rua Siriri, 1145, Centro, Aracaju-SE.

O requerimento de registro de chapa, juntamente com o programa de trabalho, assinado por um dos candidatos que integram a chapa, será dirigido ao presidente do Sindicato, em duas vias, conforme artigo 54, paragrafo 3º do Estatuto do Sindicato.

Durante o prazo para registro de chapas, a secretaria do Sindicato funcionará em expediente normal, nos dias úteis, das 9h às 18h, para prestar esclarecimentos sobre o processo eleitoral e receber a documentação solicitada de registro de chapa, fornecendo o recibo de entrega dos documentos da chapa.

São elegíveis e/ou eleitores, todos associados que atendam aos Art. 41, 42 e 43 do Estatuto do Sindicato, onde destacamos ter o associado feito sua inscrição no quadro do Sindicato até o dia 30/04/2018 e estar adimplente com as Contribuições Social e Sindical/2018, no caso de eleitor até 30 dias antes da eleição e no caso de candidato até a data de registro da candidatura.

A votação se dará em urna secreta e em Assembleia aberta às 7h e encerrada às 19h. Das 7h às 10h na sede da Deso e das 10h30 às 19h na sede do Sindicato, na Rua Siriri, 1145, Centro, Aracaju-SE.

A Comissão Eleitoral, formada pelo Presidente Tigernaque Pergentino de Sant´ana, Secretário José Augusto Machado e Membro Alvair Augusto Jacinto, poderá instalar uma mesa itinerante para coletar votos em diversos locais de trabalho, dentro do mesmo horário estabelecido para que ocorra a Assembleia.

Cada chapa concorrente poderá designar um fiscal para acompanhar os trabalhos de votação, podendo também ser designado para os trabalhos de apuração. A apuração será realizada após o horário de votação.

Não serão permitidos votos por correspondência/procuração e os procedimentos eleitorais obedecerão ao disposto no Estatuto do SENGE/SE.

Cópia deste edital está afixada na sede do sindicato e o resumo deste edital foi publicado no Jornal do Dia, edição do dia 30/10/2018 e divulgado para os endereços eletrônicos dos associados e das empresas/órgãos. Em caso de empate, cumpra-se o Art. 76 do Estatuto do SENGE-SE.

 

Fonte: Senge-SE

Publicado em Notícias

O Sindicato dos Engenheiros de Sergipe, representado por Carlos Antonio de Magalhães – Magal, engenheiro mecânico e presidente do sindicato e pelo engenheiro civil e tesoureiro do sindicato, Abraão Vieira dos Santos, esteve na manhã do dia 19 de outubro, na Companhia de Saneamento de Sergipe – DESO para protocolar  a solicitação de participação na mesa de negociações coletivas entre trabalhadores e a empresa no próximo mês de novembro, representando a categoria dos engenheiros, junto com o sindicato da base, o SINDISAN.

Na oportunidade os representantes do SENGE-SE estiveram com o engenheiro civil e presidente da DESO, Jethro Duarte Moreira, quando anteciparam o teor do ofício de solicitação ao mesmo, que ficou de encaminhá-lo ao departamento jurídico com a devida brevidade.

O presidente, Magal, aproveitou o ensejo e entregou ao presidente Jethro um distintivo de lapela do SENGE-SE, visto que o mesmo é um dos nossos fiéis associados.

Senge-SE solicita a DESO participação na mesa de negociações coletivas

Fonte: Senge SE

Publicado em Notícias

Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Ambiental com desconto para associados ao Senge-SE

O SENGE-SE, em parceria com a Faculdade Pio Décimo, oferece desconto aos seus associados para o curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Gestão Ambiental. O Curso tem o objetivo de capacitar os profissionais para atuar na área de gestão ambiental, desenvolvendo ativiades como realização de estudos ambientais, planejamento e gerenciamento de programas de controle e qualidade ambiental, realizar consultoria na área de gestão ambiental e demais atividades voltadas ao meio ambiente. O Curso está sub a supervisão do professor e Engenheiro Daniel Brito Andrade. A carga horária é de 520 horas. Maiores informações pelo (79) 2106-3056.

Uma turma com Início previsto para dias 22 e 23/09 está sendo fechada. Valor R$ 200,00 em 20 mensalidades. 

Descontos de 20% para sócios do SENGE-SE (R$ 160,00).
 
Fonte: Senge-SE

 

Publicado em Notícias

Na sexta-feira (31/08), o Sindicato dos Engenheiros de Sergipe (SENGE-SE) irá lançar o Coletivo de Engenheiras e Engenheiros Negros “André Rebouças”, na Associação de Engenheiros Agrônomos de Sergipe (AEASE), às 19h. O evento, que tem o apoio da Fisenge, do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (CREA-SE) e da Caixa de Assistência dos Profissionais do CREA (MÚTUA), será aberto ao público e contará com uma palestra ministrada pelo Professor Kleber Fernandes de Oliveira, com o tema: “Cotas Raciais: por que e para quê?”.

Local: AEASE - Av. Beira Mar (ao lado do Parque da Sementeira), nº 2400 - 13 de Julho - Aracaju / Se

Senge-SE lança Coletivo de Engenheiras e Engenheiros Negros

 

 

 

Publicado em Notícias
Página 1 de 3