Sexta, 10 Agosto 2018 16:43

Em palestra, engenheiro agrônomo fala sobre mudanças do Projeto de Lei referente aos agrotóxicos

No dia 26 de julho, o engenheiro agrônomo Matheus Mazon Fraga apresentou, no Conselho Deliberativo do SEAGRO-SC, os principais pontos positivos e negativos da proposta de mudança do Projeto de Lei 6299/02 que fala sobre os agrotóxicos. Matheus é Diretor Secretário Adjunto do nosso sindicato e atua profissionalmente como Fiscal Agropecuário da Cidasc, empresa responsável pela fiscalização em Santa Catarina. Segundo ele, a maioria das propostas apresentadas mudam apenas as questões de registro de agrotóxicos, simplificando o processo, mas aumentando os riscos. "O mais lamentável é que as discussões tanto no Congresso Nacional quanto nos meios de comunicação tradicionais e nas redes sociais estão sendo feitas em torno de argumentos meramente ideológicos e de fake news, sem embasamento técnico-científico, onde os engenheiros agrônomos tem papel preponderante" disse o engenheiro.

O assunto é bastante polêmico e demanda mais discussão antes de eventualmente serem aprovadas algumas das alterações propostas. A própria proposta de mudança do nome "Agrotóxicos" por "Defensivos Agrícolas" ou "Pesticidas" é um forte indicativo do que pode estar por trás de algumas mudanças.

 

FONTE: SEAGRO-SC

 

Mídia