Terça, 06 Fevereiro 2018 17:30

Engenheiras lançam campanha de combate ao assédio no carnaval

“Não é não!” Este é um dos temas da campanha nacional de combate ao assédio contra mulheres no carnaval. Durante este período, cenas de assédio e violência contra a mulher acontecem com maior frequência, sob a justificativa de “vale tudo nessa época do ano”. Com o objetivo de desmistificar algumas situações, O Coletivo de Mulheres da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros lança, no dia 6/2, ilustrações e uma história em quadrinhos sobre o tema. Um dos objetivos é alertar pedagogicamente os homens sobre a importância do consentimento da mulher e sobre práticas machistas. “Os casos de violência e assédio contra mulheres, durante o carnaval, aumentam muito. Nosso objetivo é fortalecer a rede de solidariedade, apoio e luta de diferentes grupos de mulheres em todo o Brasil e também pressionar por uma resposta do poder público que, muitas vezes, naturaliza tais práticas”, afirmou a diretora da mulher da Fisenge, a engenheira química, Simone Baía, que ainda destacou: “Precisamos falar sobre consentimento e isso significa que a decisão é da mulher e os nossos corpos não podem ser tratados como públicos. Exigimos respeito e direitos”.

A campanha ganhou força nas ruas de cinco estados por meio da distribuição de tatuagens com os dizeres “Não é não” e também por meio da entrega de leques com informações sobre consentimento e locais de denúncia, promovida pela Comissão da Mulher da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Em Belo Horizonte, os blocos Alô Abacaxi, Garotas Solteiras, Bruta Flor, Acorda Amor e É o Amô são parceiros do projeto “Não é não”. Em São Paulo também é realizada a distribuição de tatuagens.

Em Pernambuco, aconteceu, em 2017, a iniciativa #AconteceuNoCarnaval e, em 2018, houve o lançamento de uma ferramenta para receber relatos (https://www.aconteceunocarnaval.meurecife.org.br/). Em Vitória (ES), a Prefeitura lançou as campanhas “Depois do não é tudo assédio” e “Fantasia não é convite.

Em casos de violência e assédio durante o carnaval, disque 180 ou procure uma Delegacia da Mulher.

Engenheiras lançam campanha de combate ao assédio no carnaval

Engenheiras lançam campanha de combate ao assédio no carnaval

Engenheiras lançam campanha de combate ao assédio no carnaval

Mídia