Quinta, 01 Fevereiro 2018 13:23

Fisenge subscreve "Carta de Porto Alegre" em defesa da engenharia e da soberania nacional

No dia 23/01, entidades de engenharia, dentre elas a Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge), assinaram a "Carta de Porto Alegre". Um trecho do documento afirma: "(...) Nunca é demais lembrar que, sendo um país em construção, fincado em extenso território tropical caracterizado por sete biomas terrestres e um marinho, todos dotados de abundantes recursos naturais, para alcançar nível de desenvolvimento compatível com os sonhos e merecimentos de seus mais de duzentos milhões de habitantes, o Brasil precisa contar com uma engenharia forte e capaz de tirar partido das vantagens naturais do País, de modo a transformar suas potencialidades em riquezas efetivas. Por isto e muito mais, com a insatisfação cívica de quem repudia o progressivo desmantelamento da economia nacional e o agravamento das tensões sociais, com a responsabilidade patriótica de querer ajudar a construir um Brasil melhor para todos e com a consciência profissional de que a engenharia é um instrumento indispensável para a promoção do crescimento necessário à conquista do desenvolvimento e do bem estar social, as entidades que subscrevem a presente 'Carta de Porto Alegre' condenam a política econômica recessiva em curso, denunciam a sistemática desnacionalização do Patrimônio público em afronta à soberania nacional, defendem o restabelecimento dos direitos sociais recentemente suprimidos e, por fim, declaram que, para a manutenção da paz social, é necessário que o Brasil preserve a Democracia e reencontre o seu destino, através de eleições livres e diretas em outubro próximo."

Confira a íntegra AQUI