Terça, 12 Setembro 2017 05:20

Maria José Salles recebe homenagem no 11º Congresso de Engenheiros

A combativa engenheira civil Maria José Salles foi uma das pessoas homenageadas no 11º Congresso Nacional dos Engenheiros (Consenge), realizado em Curitiba, de 6 a 9 de setembro. Atualmente ela atua como pesquisadora na Fundação Oswaldo Cruz. A sindicalista desempenhou um importante papel como diretora da diretoria do Senge-MG, na regional da Zona da Mata. Ao iniciar vida profissional, passou a atuar na base do Senge-RJ. A engenheira atuou firmemente na ação sindical, sendo fundamental na criação e consolidação da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge).

“Naquele momento estávamos frente a uma ofensiva neoliberal. O esforço da companheira Zezé e do companheiro Carlão para fundar a Fisenge foi muito grande”, afirmou o presidente do SENGE Rio, Olímpio Alves dos Santos.Zezé, como é carinhosamente chamada, entrou para a história da Federação como a primeira mulher a ocupar um cargo na diretoria da entidade. Foi diretora financeira de 1993 e 2002, quando a Fisenge ainda ocupava uma pequena sala na sede do SENGE Rio.

“Eu perdi meu pai muito cedo e aprendi com vários homens e mulher que convivi. Aprendi, no Sindicato dos Engenheiros, a ser uma pessoa solidária, com pensamento comunitário e a olhar para o conjunto dos trabalhadores. Nesse segmento, lutamos por qualidade de vida. Estou nas periferias do trabalho e me coloco sempre a disposição para a luta, porque acredito que a gente vai passando. Essa experiência é importante para o convívio com os meus filhos”, disse Zezé, emocionada. A atuação dessa grande militante vai além de um sindicalismo corporativo. Maria José sempre buscou atuar próxima aos movimentos sociais e “aos setores mais pobres da sociedade”, Maria Cristina de Sá, dirigente do Senge-MG e ex-diretora da Fisenge. Atualmente, cumpre um importante papel como representante da Fisenge no Fórum Alternativo Mundial da Água (Fama). Zezé é uma lutadora pelo direito das mulheres, dos trabalhadores, da engenharia e soberania e engenharia nacional!

Confira o vídeo aqui:

 

Texto: Katarine Flor – Senge-RJ

Edição: Ednúbia Ghisi - Senge-PR

Foto: Joka Madruga/Fisenge

Maria José Salles recebe homenagem no 11º Congresso de Engenheiros