Quarta, 28 Setembro 2016 16:44

Senge-ES convida para lançamento de Coletivo de Mulheres Engenheiras

Senge-ES convida para lançamento de Coletivo de Mulheres Engenheiras

O Sindicato dos Engenheiros no Estado do Espírito Santo (Senge-ES) institui seu Coletivo de Mulheres no próximo dia 19 de outubro. O lançamento representa um salto na política de gênero para as engenheiras no Estado. O evento será realizado no auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA-ES), às 19h.

A efetivação do Coletivo de Mulheres no Senge-ES objetiva ampliar a participação das profissionais nas atividades sindicais, bem como nas mesas de negociação. O intuito é pautar cada vez mais questões de gênero nos Acordos Coletivos celebrados e, sobretudo, contribuir e atuar junto das lutas das mulheres trabalhadoras.

“Já estava na hora do Senge-ES instituir um Coletivo que impulsione as discussões de gênero e motivar a participação das mulheres na realidade do trabalho, nas ações e decisões sindicais e nas instancias de poder”, avalia Lúcia Helena Vilarinho Ramos, representante do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Espírito Santo no Coletivo de Mulheres da Fisenge.

A iniciativa complementa ações pela igualdade de gênero já iniciadas. Além de organizar eventos para discutir o assédio moral, no ano passado o Senge-ES aderiu ao movimento da Organização das Nações Unidas (ONU) pela igualdade de direitos e oportunidades de homens e mulheres intitulado #ElesPorElas.

“Temos que atuar pelo respeito às identidades e ao pertencimento. É fundamental que os sindicatos incluam em suas atividades e estatutos instâncias específicas que ampliem o diálogo sobre os direitos das mulheres e acelerem os progressos para alcançarmos a igualdade de gênero”, defende o presidente do Senge-ES, engenheiro Ary Medina.

Evento - O evento terá palestra com o vice-presidente da Fisenge (Federação Interestadual dos Sindicatos de Engenheiros) Roberto Freire e com a desembargadora Federal do Trabalho, Maria Francisca dos Santos Lacerda. Margareth Saraiva, ex-vice presidente do Senge, também irá participar, falando sobre as Engenheiras na retomada do movimento sindical. A diretora da mulher da Fisenge, Simone Baía, fará o lançamento da animação “Lei é para ser cumprida”. O vídeo conta com a personagem Engenheira Eugênia, que é protagonista de histórias em quadrinhos publicadas há mais de três anos pela Fisenge.

Sintonia - A instituição do Coletivo de Mulheres do Senge-ES é passo primordial na capilaridade das ações de igualdade de gênero já consolidadas na Fisenge, que iniciou a efetivação de sua Diretoria da Mulher ainda em 2005. “A criação de um Coletivo de Mulheres aproxima as profissionais do sindicato e amplia o debate sobre cláusulas sociais específicas em Acordos e Convenções Coletivas. As mulheres se reconhecem nos espaços políticos, se empoderam e ocupam os quadros da entidade. Parabenizo a direção do Senge-ES pela iniciativa e afirmo meu apoio a essa construção. A discussão de questões de gênero é responsabilidade de toda a sociedade”, afirmou a diretora da mulher da Fisenge, Simone Baía.

SERVIÇO
- Lançamento do Coletivo de Mulheres do Senge-ES
- Data: 19 de outubro
- Hora: 19h
- Local: auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Espírito Santo (CREA-ES). Av. César Hilal, 700, Edifício Yung, 1º andar. Bento Ferreira, Vitória – ES

Fonte: Senge-ES